Inverno russo de 1993: crônicas da contrarrevolução

5 de fevereiro de 2016

Henrique Carneiro | Cheguei a Moscou, em 18 de setembro de 1993, para cursar introdução à língua russa no Instituto Pushkin. Terminei o primeiro semestre letivo, obtive um certificado e retornei, em 3 de fevereiro de 1994, ao Brasil. Passei pouco mais de quatro meses durante um dos períodos mais decisivos, dramáticos e sangrentos da história contemporânea russa. Vivenciei o último capítulo do processo de colapso da URSS e da transição para a formação da Rússia e dos demais 14 [...]

As categorias fenômeno-essência na explicitação do Capital

3 de fevereiro de 2016

Frederico Costa  |   O fenômeno não é radicalmente diferente da essência, e a essência não é  uma realidade pertencente a uma ordem diversa da do fenômeno[…]  Captar o fenômeno de determinada coisa significa indagar e descrever como a coisa em si se manifesta naquele fenômeno, e como ao mesmo tempo nele se esconde. Compreender o fenômeno é atingir a essência. Karel Kosik   O senso comum, sob a divisão do trabalho típica do regime capitalista, procura [...]

A identidade de um revolucionário

1 de fevereiro de 2016

Valério Arcary  | Recebo, de vez em quando, mensagens de jovens que não conheço, pessoalmente, e pelo facebook me perguntam se ainda é possível a luta pelo socialismo. Percebo que têm aversão à injustiça e simpatia pela causa dos trabalhadores. Mas se interrogam sobre o sentido da dedicação à militância neste século XXI. Vale a pena? Quais são os maiores desafios e perigos? Escrevi este texto como se fosse uma mensagem pessoal de resposta. Foi há quarenta anos que me uni à [...]

A mulher que superou o fim do mundo

29 de janeiro de 2016

Aruska Patri  |   “Vais perseguir a maldita Vais insultá-la na rua Vais jogar pedras na lua Vais montar uma guarita Pra que aquela esquisita Não se atreva a voltar E aí, e aí, e aí Ela cisma de voltar (…)” (Pássara – Chico Buarque de Holanda)   O teatro está lotado e a expectativa quase pode ser ouvida. Cochichos distraem os que vieram revisitar uma velha conhecida das paradas musicais ou jovens que estão a lhe descobrir. Alguns aguardam silenciosos e com [...]

Allende e o poder operário: dois jovens socialistas no Chile da Unidade Popular (vídeo)

27 de janeiro de 2016

Waldo Mermelstein e Enio Bucchioni  | Apresentação: Luis Gustavo  | Desde tempos remotos, a experiência de sair de sua vila natal marca a vida de um jovem. Os exemplos na literatura abundam; mais além das páginas de fantasia, também a realidade foi fertilizada pelas possibilidades abertas no ato de buscar novos ares, de Heródoto a Marco Polo. Jovens que, sob a ditadura brasileira iniciada em 1964, decidissem sair de seu país podiam arriscar também uma nova conjuntura política. A [...]

Gás lacrimogênio, pimenta e jasmim: Cairo em Revolução

25 de janeiro de 2016

Aldo Cordeiro Sauda  |   Este 25 da Janeiro celebramos os 5 anos do desencadear do processo revolucionário egípcio. O #25jan marca também o inicio da “ocupação dos 18 dias”, outrora conhecida como a “Primeira ocupação da Praça Tahrir”. Foi ela que, no dia 11 de fevereiro de 2011, após 30 anos de governo Hosni Mubarak, derrubou o ditador. O texto abaixo, escrito pouco mais de um mês após minha chegada à Cairo Revolucionária como jornalista freelance, tem como intuito [...]

O tortuoso caminho do Manifesto Comunista à Internacional

22 de janeiro de 2016

Yuri Lueska  | Em 1864, ao redigir a Mensagem Inaugural da Associação Internacional dos Trabalhadores Marx imprime um programa distinto, no seu conteúdo, do que escrevera em 1848 no Manifesto Comunista. Parte das conclusões conhecidas unanimemente como parte do programa inicial marxista estão ausentes no primeiro passo dado por Marx na AIT. Qual são os motivos do retrocesso programático da Internacional em relação a Liga dos Comunistas? O ensaio a seguir visa adentrar neste tema [...]

Uma concepção marxista de homem

20 de janeiro de 2016

Antonio Rodrigues Belon  |   Existirmos: a que será que se destina? (…) Apenas a matéria vida era tão fina E éramos olharmo-nos intacta retina (…) Caetano Veloso – Cajuína Desvendar o título geral vale como uma introdução. Quando se fala de uma concepção marxista, se fala de uma concepção singular, entre outras, as não marxistas, em geral. O objeto da concepção apresentado no título por uma preposição entre o antecedente, a concepção marxista, e o [...]

Contra a solidariedade que precisamos, Jean Wyllys e a “esquerda” sionista

18 de janeiro de 2016

Soraya Misleh  | “Quando cidadãos em uma posição privilegiada formulam e desenham uma solução e a impõem a um povo colonizado e sob ocupação como a única solução viável e o ‘único passo construtivo restante’, isso não é solidariedade, mas sim outra forma de ocupação.” A afirmação é da palestina Budour Youssef Hassan em seu artigo intitulado “A falsa solidariedade da esquerda sionista”. O brilhante texto refere-se à realização de uma marcha em Jerusalém em 15 [...]

Democracia sem centralismo não tem nada a ver com o bolchevismo

17 de janeiro de 2016

Francesco Ricci  | A história do movimento operário revolucionário desde os dias da Iª Internacional é uma crônica ininterrupta de tentativas de grupos e tendências pequeno-burguesas, de todo tipo, de realizar ataques furiosos contra os “métodos organizativos” dos marxistas, para recompensar a si mesmos por suas debilidades teóricas e políticas. Sob o rótulo dos métodos organizativos eles incluem tudo, desde o conceito de centralismo revolucionário até assuntos de rotina [...]
1 2 3 64
badamo_bernice@mailxu.com