Diário de Atenas – 3 de Junho (primeira parte)

3 de julho de 2015

faltando dois dias para o referendo da austeridade As manifestações que testemunhei ontem me impactaram bastante. A ideia original era ver apenas o ato do Antarsya, um combativo partido da esquerda independente grega que se concentrava diante da Biblioteca Nacional. Por sorte, assim que cheguei, deparei-me com outra passeata ainda maior, a do KKE, o partido comunista grego. É difícil acreditar que um partido com uma linha política tão louca com o KKE consegue ser tão dinâmico. Enquanto [...]

Diário de Atenas – 2 de Junho de 2015

2 de julho de 2015

faltando três dias para o referendo da austeridade Demoraram 15 horas para chegar a Atenas. De lá até a praça Sintagma, epicentro político do país, foram mais quarenta minutos. Mesmo assim, pegar o trem do aeroporto até o centro da cidade foi uma experiência pra lá de prazerosa. Por conta da política de bloqueio às contas bancárias, o governo grego decidiu instituir o passe-livre no transporte público, pelo menos até o fim do plebiscito. A decisão, infelizmente, se resume à [...]

O ‘modernismo reacionário’ brasileiro, a moderna tradição neoconservadora? (Ou Michael Löwy x João P. Coutinho)

30 de junho de 2015

Betto della Santa “O Brasil não é um país para principiantes.” Antônio Carlos de Almeida Jobim ou, tão-simplesmente, Tom Jobim (Rio de Janeiro, 25/Jan./1927 — Nova Iorque, 8/Dez./1994), dispensa a maiores apresentações. O enunciado formal –que ora lhe é tributado– atesta que o compositor e musicista não só foi responsável por momentos significativos da cultura brasileira, no âmbito da canção popular, como também se esmerou em reelaborar uma espécie de sentimento [...]

A especificidade do proletariado industrial frente ao conjunto dos assalariados

26 de junho de 2015

Gustavo Henrique Lopes Machado Em 1860, em um livro pouco conhecido chamado Sr. Vogt, Marx faz um balanço de todo movimento revolucionário na Alemanha nos anos de 1848-49 do qual foi participe direto e da atuação da Liga dos Comunistas naquele período. Contrasta suas posições, defendidas pela Liga, diante de todas as demais correntes socialistas existentes na época. Após citar longamente o Manifesto Comunista e assinalar a supremacia industrial da Inglaterra naquele período [...]

Junho e o MPL-SP: Partido, Movimento ou Partido-Movimento?

24 de junho de 2015

Aldo Cordeiro Sauda “Revolta Popular: o limite da tática” é um texto indispensável para compreender Junho de 2013 e a dinâmica de seu principal ator, o Movimento Passe Livre de São Paulo. Redigido por dois integrantes da organização, Caio Martins e Leonardo Cordeiro, o documento se destaca pela forma franca e aberta com a qual os ativistas interpretam suas experiências no movimento e o projeto político-ideológico nele contido. Ele é leitura obrigatória não apenas aos [...]

Notas sobre a superação do etapismo em Lênin

21 de junho de 2015

Durval Wanderbroock Junior   O debate sobre a concepção de revolução em Lênin passou por inúmeras controversas. Entre elas, ganharam destaques duas questões. Quais os elementos de (des)continuidade entre a concepção de revolução de Lênin e os fundadores do marxismo? Qual a proximidade da teoria revolucionária de Lênin e Trotsky? Os acontecimentos de 1905 na Rússia deram origem a uma série de interpretações sobre o caráter e as tarefas colocadas à revolução que se [...]

Sergio Lessa e Juary Chagas no lançamento do livro “Nem Socialismo, nem classe trabalhadora: o PT das origens aos dias atuais”

19 de junho de 2015

Dia 28 de maio, no auditório da biblioteca central da UFAL, às 19h, a livraria Manoel de Assis e o PSTU Alagoas realizaram o lançamento do livro Nem Socialismo, nem classe trabalhadora: o PT das origens aos dias atuais, de Juary Chagas. Na mesa, alem da presença do autor, estavam o professor doutor Sergio Lessa e o operário petroquímico e presidente do Pstu Alagoas, Paulo Bob. [...]

“Trotsky y la Marilyn” Reseña del libro de Genaro Arriagada Herrera

16 de junho de 2015

—Acompáñame en un homenaje a mi viejo partido. ¡Salud por la Internacional! —Por la banca internacional que es la única Internacional que nos queda – contestó Alfredo blandiendo la copa desde la que calló un chorro de licor. […] —Por la derecha que volverá majestuosa, envuelta en la bandera  de las libertades… de todas las libertades, sin excepción. —Por el eterno retorno del capitalismo y de los poderes fácticos  –agregó Alfredo ya cansado de reír. —Por la muerte [...]

A refacção permanente

16 de junho de 2015

Antonio Rodrigues Belon     A gente não quer só comida A gente quer comida Diversão e arte A gente não quer só comida A gente quer saída Para qualquer parte… (Arnaldo Antunes/Sérgio Brito/Marcelo Fromer) O exame e o reexame de certos temas não somente se justificam como tornam-se, inevitavelmente, uma imposição. A necessidade, as funções, os papeis e a inseparabilidade da arte no interior das dimensões variadas do humano, do social e do histórico, repõe sempre um [...]

Antonio Gramsci e o centralismo democrático nos Cadernos do Cárcere

14 de junho de 2015

Renato César Fernandes     O centralismo democrático foi objeto de polêmicas teóricas e políticas no movimento de esquerda com posições tão variadas como a rejeição total por alguns anarquistas até a confusão total entre centralismo democrático e a concepção de um partido monolítico expresso por correntes stalinistas. O objetivo deste texto é fazer uma reflexão introdutória sobre o centralismo democrático e a estratégia revolucionária em Antonio Gramsci – essa [...]
1 2 3 50
goldyn_183@mailxu.com